Acesso Reservado

Entre na sua conta.

(Z1) 2019 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir

Maria Cristina Lopes de Brito é candidata ao concelho de Deontologia de Faro

Maria Cristina Lopes de Brito é candidata ao concelho de Deontologia de Faro

A prestigiada advogada de Loulé promete “celeridade processual” e conta com o apoio declarado de Isabel da Silva Mendes

Maria Cristina Lopes de Brito, advogada com um reconhecido percurso de mais 30 anos de exercício na região do Algarve, formalizou esta quinta-feira (10 de outubro) a sua entrada na corrida à liderança do Conselho de Deontologia de Faro, órgão regional da Ordem dos Advogados. A apresentação deste momento esteve a cargo de Isabel da Silva Mendes, candidata a Bastonária nas eleições do próximo mês de novembro, que é uma das maiores apoiantes desta candidatura.

Sendo eleita, Maria Cristina Lopes de Brito propõe-se a:

  1. Assegurar celeridade processual.
  2. Garantir a verificação liminar das participações, distinguindo à priori as participações que têm ou não importância ética e deontológica.
  3. Aplicar equitativa e consequentemente as regras sancionatórias estatutariamente previstas para a violação das regras deontológicas, tendo por base o primado do serviço que o advogado deverá prestar ao cliente - pilar da dignificação da profissão.

 “Vamos honrar e prestigiar a advocacia. A profissão de advogado(a) é a mais livre que um Homem livre pode escolher. A advocacia tem que ser de reflexão, verdadeira, de ação, de equilíbrio, de formação permanente e capaz de acompanhar as transformações da sociedade. Os cidadãos não podem perder a confiança na justiça, como forma de resolver adequadamente os conflitos suportados na correção da atuação dos advogados(as). Para mim, a Deontologia profissional é um conjunto de regras de natureza ético-profissional que se prendem com a ideia de prestigiar a profissão perante a comunidade em que estamos inseridos. Tenho o privilégio de me acompanhar com colegas com vontade de fazer cumprir as regras da deontologia”, justificou Maria Cristina Lopes de Brito na apresentação da sua candidatura.

Lista da candidatura ao Conselho de Deontologia de Faro:

Presidente

Maria Cristina Lopes de Brito - Loulé

Vice-presidente

Mário Monteiro – Almancil

Vogais

Lara Isabel Esteves - Portimão

Maria Conceição Céu – Faro

Carlos Lopes – Tavira

Maria Filomena Pontes – Boliqueime

Hipólito Figueiredo - Loulé

Isabel da Silva Mendes não teve dúvidas em declarar o seu apoio e vai até um pouco mais além: “Esta candidatura da distinta colega Maria Cristina Lopes de Brito abre uma nova era. As suas qualidades profissionais e humanas, que todos lhe reconhecemos, serão a garantia da defesa e representatividade da dignidade do ser-se advogado. A classe merece. Os advogados apreciam. A sociedade beneficia”, afirma.

Para ficar a par de todas as novidades da campanha de Isabel da Silva Mendes consulte o site oficial em https://www.isabelsilvamendes.pt/

Sobre Maria Cristina Lopes de Brito:

  • Advogada há 32 anos, com escritório em Loulé.
  • Atividade desenvolvida, sobretudo, nas seguintes áreas do Direito: Civil, Comercial e Registos.
  • Dirigente associativa durante 15 anos.
  • Formações de Direito Canónico ministradas pela Associação Portuguesa de Canonistas e organizadas pela Universidade Católica Portuguesa.
  • Ações anuais de voluntariado nas ex-colónias portuguesas.

Sobre Isabel da Silva Mendes:

  • Formação Académica

Licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Lusíada de Lisboa | 1989

Pós-graduação académica em Direito Aéreo pela Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa

Pós-graduação académica em Direito do Consumo pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra

Curso de Direito Comunitário pelo CEJ – Centro de Estudos Judiciários

Pós-graduação académica em Direito Europeu pela Faculdade de Direito da Universidade Lusíada de Lisboa

  • Experiência Profissional

Advogada da SPS Advogados | 2015

Vogal Relatora do Conselho de Deontologia de Lisboa, Ordem dos Advogados | 2014

Vice-Presidente da Direção da ADVSF- Associação de Advogados Sem Fronteiras de Língua Portuguesa | 2014

Júri de Provas de Admissão no CEJ – Centro de Estudos Judiciários | 2014

Júri Provas de Agregação na Ordem dos Advogados | 2011

Assistente Universitária do curso de Pós-graduação em Direito do Consumo na Universidade Luis de Camões | 1999-2000

Assistente de Direito Comunitário no curso de Gestão e Recursos Humanos no ISLA – Instituto Superior de Línguas e Administração | 1994-1997

  • Obras e Publicações

“Os Direitos do Consumidor na Legislação Portuguesa – Guia Prático”, DECO – Delegação Regional de Santarém, com o patrocínio da Comissão das Comunidade Europeia”

“Cidadania e Municipalismo – Os consumidores na união europeia” 1ª Conferência Estadual dos Advogados, Brasil, Santarém do Pará | Março 1996

  • Associações Profissionais

Inscrita na Ordem dos Advogados | 1989 (Adv. Estagiária), 1991 agregação

Membro da ADVSF - Associação de Advogados Sem Fronteiras de Língua Portuguesa | 2014

Membro da UAE – Union des Avocats Européens | 1996

Presidente da Mesa da Assembleia Geral da DECO | 2009

Presidente da Direção da DECO | 2000-2008

  • PARTILHAR   

Outros Artigos